Bahia deve ter redução obrigatória de 25 vereadores a partir de 2025 - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES


Itagibá: Homem morreu por atropelamento na BA-650; corpo foi encontrado minutos depois

Foto: Reprodução/Giro Ipiaú Um grave acidente ocorrido na  BA-650,    por volta das 21h desta sexta-feira, (01/03)  trecho que liga Itagibá ...

01/10/2023

Bahia deve ter redução obrigatória de 25 vereadores a partir de 2025

Jaguaquara terá redução de vereadores sairá dos 15 atuais para 13 em 2025. (Foto: Reprodução)

A partir de 2025, a Bahia deve ter 25 vereadores a menos, no mínimo. Isso vai ocorrer devido aos resultados do Censo 2022 que impactam diretamente no número de parlamentares de todas as cidades baianas. Municípios com até 15 mil pessoas, por exemplo, não podem ter mais do que nove vereadores, segundo o estabelecido na Constituição Federal. Quem perdeu população, portanto, corre o risco de ser impactado.

No total, 229 cidades baianas tiveram diminuição de habitantes, mas em apenas 30 lugares isso vai provocar uma redução obrigatória no número de vereadores – confira a lista completa nos gráficos. As maiores cidades impactadas são Simões Filho e Candeias, localizadas na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que devem passar, respectivamente, de 19 e 17 parlamentares para 17 e 15.

Outras 14 cidades baianas poderão ter aumento no número de vereadores, mas isso não é obrigatório. Ao contrário da redução, o aumento só ocorre caso as respectivas câmaras de vereadores aprovem esse crescimento no número de parlamentares. Caso nenhuma cidade baiana resolva aumentar, a redução no número de vereadores na Bahia pode chegar a 60. Atualmente, a Bahia tem 4.630 vereadores.

O levantamento foi realizado pelo CORREIO com dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do número de vereadores de cada cidade baiana disponibilizados pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). *CORREIO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário