Itiruçu: Alegando terem sido chamados de vagabundos em grupo do WhatsApp, vereadores aprovam moção de repúdio a prefeita - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES


Homem é esfaqueado por companheira enquanto dormia; crime ocorreu na região sisaleira

Foto: Reprodução / Calila Notícias Um homem foi esfaqueado pela companheira na noite desta quinta-feira (16) em   Araci , na região sisaleir...

18/04/2024

Itiruçu: Alegando terem sido chamados de vagabundos em grupo do WhatsApp, vereadores aprovam moção de repúdio a prefeita

Foto: Reprodução/Redes Sociais
A relação conflituosa entre a prefeita de Itiruçu, Lorena Di Gregório (AVANTE) e vereadores, alguns dos quais seus ex-aliados ganhou um novo episodio na noite desta quarta-feira (17), quando os edis aprovaram, por 5 votos a 3 uma Moção de Repúdio a mandatária alegando que tiveram a honra ofendida em rede social através de um áudio que passou a circular em grupos de WhatsApp nos últimos dias, com a gestora supostamente lhes chamando de vagabundos.

O documento que repudia a fala da gestora constou na pauta da sessão e entrou em votação, sendo aprovado pela maioria dos parlamentares. Ao conduzir a sessão, o presidente da Casa, Tony Anjos (PT) disse entender que foram ofendidos por terem reprovado recentemente, por 6 a 3, as contas da Prefeitura relativas ao exercício financeiro de 2020, de responsabilidade de Lorena, decisão que pode torná-la inelegível pelo período de 8 anos.

”Acho que ela incluiu os seis no xingamento devido a reprovação das contas, um poder que à Câmara tem. Esses confrontos diretos entre um poder e outro não causam boa coisa futura. Eu acredito que aqui são nove homens de bem. Não me vejo como um vagabundo’’, disse o líder do Legislativo. Ao defender a prefeita, o integrante da base governista, Nino Mota (PSD) pediu que a Casa convocasse a prefeita para se defender, apesar de também afirmar que a sua correligionária foi infeliz nas palavras. ‘’Acho que ela foi infeliz, mas tenho certeza que não foi direcionada pra mim, para Aguinaldo, para Ito, não foi direcionado ao vereador Robertão, muito menos ao vereador Sidimar. Não vou votar a favor, e peço aos nobres que convidem a prefeita para se retratar, já que muitos se sentiram ofendidos. Respeitando a opinião de todos, voto não”, reagiu Nino.

Opositor de Lorena desde o início do mandato, Roberto Silva (PSL) fez comparação sobre o xingamento e disse que uma mulher não gostaria se ser chamada de vag… e que o voto pela reprovação das contas foi consciente. O embate entre Executivo e Legislativo em Itiruçu parece está antecipando a disputa eleitoral e o clima na cidade de ebulição política. *Com informações do blog Marcos Frham

Nenhum comentário:

Postar um comentário