Foragido da Justiça de Alagoas é preso na Bahia após fazer cirurgia plástica no rosto e usar documento falso - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES

Notícias em destaque.

Lei da igualdade salarial tem boa adesão das empresas, diz ministro

— Crédito: Paulo Pinto/Agencia Brasil Sancionada no ano passado, a Lei da Igualdade Salarial, que visa garantir a igualdade salarial entre m...

10/07/2024

Foragido da Justiça de Alagoas é preso na Bahia após fazer cirurgia plástica no rosto e usar documento falso

Foto: Divulgação

Um homem condenado há 22 anos de reclusão, por um homicídio em Alagoas, há 22 anos, foi preso na cidade de Maracás, no sudoeste da Bahia. Segundo a Polícia Civil, Antônio José dos Santos, de 65 anos, conhecido como “Toinho da Barra”, fez uma cirurgia plástica no rosto e usava documentos falsos para se esconder da Justiça. Toinho da Barra foi condenado pela morte de Luiz Antônio Monteiro Torres, em 22 de fevereiro de 2002, na cidade de Pão de Açúcar.

A prisão aconteceu na terça-feira (9). De acordo com a polícia baiana, o idoso também foi acusado de participar de uma chacina em 1984, na cidade de São José da Tapera, também em Alagoas, que terminou com as mortes do agricultor Givaldo Ferreira dos Santos, o advogado João Alves e o pré-candidato a prefeito Wellington Fontes.

A Polícia Civil da Bahia informou que recebeu a informação de que Antônio José vivia com a família na Bahia há vários anos, onde se identificava como José Antônio Andrade dos Santos. Ele vendia carvão em Vitória da Conquista e em outros municípios do sudoeste baiano. O condenado teve o mandado de prisão cumprido e foi autuado em flagrante pelo crime de falsidade ideológica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário