3 médicos são mortos a tiros no Rio de Janeiro; uma das vítimas atuava no HGPV em Jequié - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES

Notícias em destaque.

Assista aqui a transmissão ao vivo do último dia do São João em Jequié

O São João de Jequié está sendo transmitido ao vivo para todo o Brasil pelo site do evento  www.jitaunaemdia.com.br  e pelo canal oficial ST...

05/10/2023

3 médicos são mortos a tiros no Rio de Janeiro; uma das vítimas atuava no HGPV em Jequié

Os três médicos participavam de congresso internacional de ortopedia no Rio de Janeiro. (Fotos: TV Globo)
Três médicos ortopedistas foram mortos a tiros e um quarto foi baleado, na madrugada desta quinta-feira (5), em um quiosque na Praia da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Todas as vítimas eram de SP e tinham vindo para a cidade para um congresso internacional de ortopedia.

A Polícia Civil do RJ acredita em execução, já que nada foi levado, e os criminosos chegaram atirando. Testemunhas contaram ainda que os bandidos nada falaram. Foram pelo menos 20 disparos.

Quem são as vítimas Daniel Sonnewend Proença, 32 anos: levado com vida para o Hospital Municipal Lourenço Jorge com pelo menos 3 tiros. Ele seria transferido para uma unidade particular; Diego Ralf Bomfim, 35 anos: morreu no Lourenço Jorge; Marcos de Andrade Corsato, 62 anos: morreu na hora. Ele faria 63 anos semana que vem e era diretor do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). PerseuRibeiro Almeida, 33 anos: fez aniversário nesta terça-feira e morreu na hora.

Os ortopedistas estavam hospedados no Hotel Windsor, na Avenida Lúcio Costa, que sedia a partir desta quinta-feira o 6º Congresso Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva do Pé e Tornozelo.

No início da madrugada, os 4 estavam em um quiosque na frente do hotel. Às 0h59, um carro branco parou, e 3 homens de preto e armados de pistolas desembarcaram e abriram fogo à queima-roupa.

UMA DAS VÍTIMA É DE IPIAÚ

Dr. Perseu era ortopedista e atuava no HGPV em Jequié.

Entre os médicos mortos está o ipiauense Perseu Ribeiro Almeida, de 33 anos, filho do saudoso médico ortopedista Luiz Andrade. Perseu completou 33 anos nesta quarta-feira (04), dia em que foi morto. Foram pelo menos 20 disparos. Um dos bandidos ainda voltou para atirar mais em um dos médicos que tentava se refugiar atrás do quiosque. Agentes do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) chegaram a efetuar buscas, mas ninguém foi preso. (G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário