Gás de cozinha sofre segundo reajuste em outubro e fica 3,5% mais caro na Bahia - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES


Daniel Alves é condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por agressão sexual

Foto: David Zorrakino/AFP O ex-jogador da seleção brasileira Daniel Alves foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por agressão sexual. A ...

11/10/2023

Gás de cozinha sofre segundo reajuste em outubro e fica 3,5% mais caro na Bahia

Foto: Reprodução

O valor do gás de cozinha sofreu o segundo reajuste na Bahia em outubro. A Acelen, que administra a Refinaria Mataripe, anunciou que o aumento é de 3,5% do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) para as distribuidoras, que vão repassar o valor para o consumidor final.

O Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Bahia (Sindrevgas), estima que o botijão 13 kg ficará R$ 2 mais caro, e que o preço final do produto deva ficar em R$ 130 em Salvador e Região Metropolitana.

No início do mês a Acelen reajustou o preço para as revendedoras em 6,5%, o que encareceu em até R$ 7 o botijão, segundo o Sindrevgas. Somente em outubro o valor do gás aumentou em 11% no estado.

Em nota, a Acelen afirmou que os preços seguem critérios de mercado que levam em consideração variáveis como custo do petróleo, que é adquirido a preços internacionais, a cotação do dólar e o frete, podendo variar para cima ou para baixo. *Com informações do Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário