Governo desmente que uso de máscaras tenha voltado a ser obrigatório na Bahia - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES


Daniel Alves é condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por agressão sexual

Foto: David Zorrakino/AFP O ex-jogador da seleção brasileira Daniel Alves foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por agressão sexual. A ...

06/11/2023

Governo desmente que uso de máscaras tenha voltado a ser obrigatório na Bahia

Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira, 6, o Governo da Bahia desmentiu a disseminação de um boato que alegava a obrigatoriedade do uso de máscaras no estado devido ao aumento de casos de COVID-19. Em um comunicado oficial à imprensa, o governo enfatizou que essa informação é falsa e esclareceu que o mais recente decreto relacionado ao assunto data de 29 de março deste ano.

Este decreto estabelece as orientações mais recentes para o uso de máscaras na Bahia, e suas principais diretrizes são as seguintes:

  • 1) Recomendado em ambientes hospitalares e outras unidades de saúde, como clínicas e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs);
  • 2) Obrigatório para indivíduos que estejam apresentando sintomas gripais, como tosse, espirro, dor de garganta ou outros sintomas respiratórios;
  • 3) Obrigatório para pessoas que tenham tido contato com indivíduos sintomáticos.
  • 4) Obrigatório para indivíduos com confirmação de covid-19, mesmo que assintomáticos.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) diz que o mais importante nesse momento de alta é aumentar a cobertura vacinal da população. Só 13% da população do estado está imunizada com dose da vacina bivalente, que é recomendada para todos maiores de 12 anos.

O surgimento de novos casos de COVID-19 na Bahia é um lembrete constante de que a batalha contra a pandemia está longe de ser vencida. Embora a situação tenha melhorado consideravelmente desde o início da crise em 2020, a ameaça do coronavírus ainda persiste, e novos casos continuam a surgir em todo o estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário