Sem cama, banheiro e direitos trabalhistas: onze funcionários são resgatados de trabalhos similares ao de escravos - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES

Notícias em destaque.

PF apura fraude no recebimento de seguro DPVAT na Bahia

Foto: Divulgação A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quarta-feira (17/7/), a Operação Lesão Fake, com cumprimento de mandados de bus...

05/11/2023

Sem cama, banheiro e direitos trabalhistas: onze funcionários são resgatados de trabalhos similares ao de escravos

Foto: Jacobina Notícias

Onze trabalhadores foram resgatados de condições degradantes de trabalho em fazendas nos municípios de Jacobina e Várzea Nova, ambos no norte da Bahia. De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os funcionários recebiam uma média de R$ 100 a R$ 400, exclusivamente por produção, para uma média de 44 horas de trabalho semanal. A operação aconteceu entre os dias 22 de outubro e 2 de novembro. Em Várzea Grande, a equipe de fiscalização resgatou seis trabalhadores, enquanto cinco foram resgatados em Jacobina.

De acordo com o MTE, os funcionamentos de ambos os locais foram interditados.

Entre os problemas encontrados pelo ministério estão:
Trabalhadores não tinham registros trabalhistas;
Baixa remuneração salarial;
Medidas de segurança e saúde negligenciadas;
Local de trabalho sem sanitário e local para fazer as refeições;
Alojamento em péssimas condições;
Sem água potável.

De acordo com o MTE, o alojamento onde os trabalhadores dormiam estava em estado deplorável. Eram casas em ruínas, com paredes e pisos comprometidos e sem nenhum móvel. De acordo com o MTE, o alojamento onde os trabalhadores dormiam estava em estado deplorável. Eram casas em ruínas, com paredes e pisos comprometidos e sem nenhum móvel. *Com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário