Policiais são investigados por vender fuzis em aplicativo de mensagens - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES


Professora perde R$ 160 mil em golpe aplicado pelo ex: ‘Foi triste, senti muita vergonha’

Foto: Reprodução/TV Santa Cruz Uma professora de 48 anos perdeu ao menos R$ 160 mil em um golpe conhecido como “estelionato sentimental”. Tr...

27/02/2024

Policiais são investigados por vender fuzis em aplicativo de mensagens

Foto: Divulgação/SSP-BA

Três policiais militares e um penal, além de um comparsa que não é policial, são investigados pela venda de fuzis em um aplicativo de mensagens. Eles foram alvos da “Operação Mosquete”, deflagrada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) e Ministério Publico (MP-BA), que cumpriu nove mandados de busca e apreensão na manhã desta segunda-feira (26), em Salvador.

Segundo a SSP-BA, durante o cumprimento dos mandados, um policial militar foi preso em flagrante com munições de uso restrito, mira para fuzil e cocaína. Além desses materiais, armas de fogo, celulares, munições e drogas foram apreendidas em outros pontos.

As ordens judiciais foram cumpridas por equipes da Força Correcional Especial Integrada (Force) da Corregedoria Geral da SSP, da Corregedoria da PM e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP nos bairros de Cajazeiras, Fazenda Coutos, Caminho de Areia, Garcia, Cidade Nova e Tancredo Neves.

Os mandados foram expedidos pela Vara de Auditoria Militar da Comarca de Salvador. Todo o material apreendido será encaminhado para perícia. *Ler mais no G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário