Prefeitura de Camacan tem FPM bloqueado pela receita Federal devido a falta de recolhimento do INSS - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES


Avô é preso sob acusação de estuprar netas e engravidar uma delas em Bom Jesus da Lapa

Foto: Achei Sudoeste Um homem de 64 anos foi preso, nesta quarta-feira (10), acusado de estuprar duas netas em   Bom Jesus da Lapa . O manda...

13/03/2024

Prefeitura de Camacan tem FPM bloqueado pela receita Federal devido a falta de recolhimento do INSS

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Camacan, localizada no sul do estado, enfrentou um revés financeiro significativo após a Receita Federal bloquear o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A medida foi tomada em decorrência da falta de recolhimento e pagamento das contribuições previdenciárias ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O bloqueio do FPM representa um duro golpe para a gestão do prefeito Paulo do Gás (PSD), que agora se vê diante de desafios financeiros adicionais. 

Com a indisponibilidade desses recursos, a administração municipal enfrentará dificuldades para honrar seus compromissos financeiros e manter em pleno funcionamento os serviços públicos essenciais oferecidos à população.

A situação é alarmante, pois o bloqueio do FPM pode comprometer o pagamento de salários dos servidores municipais, além de afetar áreas como saúde, educação, infraestrutura e assistência social. Diante desse contexto, o prefeito Paulo do Gás e sua equipe enfrentam um grande desafio para buscar soluções rápidas e eficazes que possam reverter essa situação e regularizar a situação fiscal do município. 

Medidas emergenciais e estratégias de gestão financeira serão fundamentais para superar esse momento de crise e garantir a continuidade dos serviços públicos municipais. *Políticos do Sul da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário