Jitaúna tropeça fora de casa contra Lafaiete Coutinho pela Copa Inter Vale 2024 - JITAÚNA EM DIA

EM DESTAQUES


Professora perde R$ 160 mil em golpe aplicado pelo ex: ‘Foi triste, senti muita vergonha’

Foto: Reprodução/TV Santa Cruz Uma professora de 48 anos perdeu ao menos R$ 160 mil em um golpe conhecido como “estelionato sentimental”. Tr...

01/04/2024

Jitaúna tropeça fora de casa contra Lafaiete Coutinho pela Copa Inter Vale 2024

Fotos: Neilton Brito/Jitaúna Em Dia

A derrota contra a Seleção de Lafaiete Coutinho, fora de casa, por 3 a 1, tirou a invencibilidade da seleção de Jitaúna na Copa Inter Vale 2024. Até a partida deste domingo (31), Jitaúna havia vencido um jogo contra a própria seleção de Lafaiete que disputou em Jitaúna e um empate diante de Jaguaquara fora de casa. O time da terra do Cacau perdeu a chance de garantir a classificação antecipada.

Numa tarde atípica, Jitaúna esteve pouco inspirado e sofreu com o campo de terra do estádio Municipal e com a arbitragem do senhor Osmar Silva de Iguai. No lance que originou o gol dos donos da casa, os jogadores de Lafaiete cobraram a marcação de um pênalti cometido pelo goleiro Jaquinho que atuou improvisado já que o titular e o reserva foram suspensos. O pênalti foi convertido pelo zagueiro Mano abrindo o placar. No lance seguinte o arbitro Osmar não deu pênalti claro de Mano em Caique Brucho para revolta de toda comissão técnica e torcedores. O jogo foi marcado por diversas confusões em campo. O jogo teve 8 cartões amarelos distribuídos e não contou com maqueiros e suporte médico.

Apesar do resultado ruim, Jitaúna se manteve com 4 pontos no grupo 7, no 1º lugar, e bem próximo da classificação para a segunda fase da competição. O time volta a jogar só no dia 14/04, quando encara Jaguaquara no Antônio Carlos Magalhães, em Jitaúna.

Com o triunfo, Lafaiete Coutinho vai a 3 pontos, fica na 3ª colocação do grupo, joga fora de casa contra Jaguaquara na próxima semana precisando vencer, se empatar já será eliminada da competição. Os gols foram marcados por Mano (duas vezes), Bodim para Lafaiete e Caique para Jitaúna. (Jitaúna Em Dia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário